Colastrina ou Renova 31? Qual é o melhor?

Devido a grande demanda de mais postagens sobre as vantagens do colágeno e como utilizar seus suplementos, pegamos os 2 principais produtos da área para compararmos. Hoje em dia é muito comum o auxílio de produtos para suprir as carências das mais diversas substâncias do corpo, e com o colágeno não é diferente. Você já deve ter visto cremes, cápsulas e até a proteína em pó; e qual delas é a mais eficaz? É o que vamos discutir aqui, pegando as principais modalidades do uso de colágeno para explicar os pontos fortes e fracos de cada um inclusive comparar duas das principais marcas no mercado colastrina ou renova 31. Saiba como funciona cada um para finalmente decidir que tipo de produto você se dará melhor antes de comprá-lo.

Colastrina ou Renova 31? Colágenos em Cápsulas

Colastrina ou Renova 31? Qual é o melhor? São os maiores nomes entre o colágeno em cápsulas, justamente por serem os mais eficazes da lista pela fácil ingestão dos comprimidos. Assim como no pó, o colágeno aqui é hidrolisado para facilitar a absorção do nutriente pelo corpo. Mas ao contrário do colágeno em pó, se torna muito mais prático para ser utilizado em um mundo com a rotina tão corrida quanto a nossa. Se tratando de comprimidos, podem ser ingeridos em qualquer lugar a qualquer momento.

Composição

Colastrina: é composto de Colágeno, ácido ortosilícico biodisponível e vitamina A, C e E- nutrientes importantes e necessários para a formação e proteção do colágeno da pele. Suplemento de peptídeos de colágeno em pó, enriquecido com zinco, vitamina C e selênio, sabor limão. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Renova 31:  A composição do Renova31 é feita de colágeno 100% natural. Além do colágeno hidrolisado do tipo 3 e 1 ele também possui vitamina A (600 mcg), vitamina C (10 mg), vitamina E (10 mg), vitamina B6 (1,4 mg), vitamina PP (16 mg), vitamina B5 (5 mg), biotina (30 mcg), zinco (7 mg) e cobre (900 mcg)  para proporcionar uma recuperação ainda mais rápida e duradoura. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Valores

Colastrina: 1 pote: R$197,00 – Compre o Colastrina aqui ou leia um relato de quem já usou o Colastrina.

Renova 31: 1 pote: R$177,00 – Compre o Renova 31 aqui ou leia um relato de quem já usou o Renova 31.

Ambos possuem selo da Anvisa, portanto estão dentro das leis de segurança e vigilância sanitária. Ao que tudo indica, os dois produtos são muito semelhantes, porém o Renova 31 possui mais vitaminas (9) além de ser um pouco mais em conta.

Colágenos em Creme

São muitos os cremes que possuem colágeno em sua composição, e prometem resultados fantásticos em pouquíssimo tempo. É claro que a hidratação da pele e ácidos que eliminam a pele morta fazem o seu trabalho no rejuvenescimento da pele, mas o colágeno nesse caso não serve de nada. Estudos mostram que as moléculas da substância como é colocada nos cremes é “grande” demais para o nosso corpo absorver. Desse forma o colágeno em si não é absorvido, e o que realmente faz a diferença são os outros ingredientes. Só que todos os benefícios do colágeno são perdidos dessa forma, como maior elasticidade e suavidade nas linhas de expressão. Não digo para não utilizar cremes no rosto, claro que não. Mas que essa não seja sua única fonte de colágeno, já que ele não é absorvido desta forma!

Colágenos em Pó

Por outro lado, o colágeno em pó é muito mais comum entre os suplementos e bem populares entre as mulheres. Isso porque podem ser diluídos em bebidas o que facilita a ingestão, além de poder se colocar em uma vitamina por exemplo para já ingerir os nutrientes todos de uma só vez. Ao contrário do creme aqui a proteína é mais facilmente absorvida pelo organismo por ser tratado exclusivamente para este fim. Suas moléculas são menores e por isso podem ser digeridas mais facilmente pelo nosso corpo. Extremamente eficaz no tratamento de rugas e linhas de expressão, o colágeno em pó é o favorito de muitas pessoas. Mas apesar de todas essas vantagens acaba perdendo tanto efeito pela dificuldade em se consumi-lo. Veja bem, hoje em dia é muito comum as pessoas ficarem o dia inteiro fora seja trabalhando ou realizando outras atividades. Assim, parar para preparar uma bebida se torna uma prática que nem todos conseguem realizar. A falta de tempo e de praticidade é o que matam a eficácia do colágeno em pó.

 **Essa é uma opinião subjetiva. Resultados podem variar de acordo com cada pessoa.

0Shares